Arquivo para 9 de junho de 2008

09
jun
08

E viva São João…

Nada mais inspirador do que as festinhas juninas, não é???
O cheiro do quentão, o sabor do vinho quente, maça do amor, pipoca doce, música, brincadeiras, etc… eita coisa boa!!!
Mas o Xadrez vem e volta na moda e nesse inverno ele chegou para arrebentar.
Um poucquinho da história pra vocês e umas dicas fundamentais pro seu inverno ser muito estiloso.

Quando alguns proprietários de terras, na Escócia, criaram o xadrez, no século 19, nem passavam por suas cabeças que essa padronagem ocuparia uma das posições de destaque na história do vestuário. Durante o início do século 20, ele foi muito utilizado em ternos e casacos masculinos. Mas ganhou fama popular entre as mulheres, na década de 50, com a atriz Brigitte Bardot que posou para uma revista com um biquíni ousado para a época no xadrez vichy (aquele bicolor quadradinho). Também imperou na década de 90, quando foi resgatado pelo grunge – movimento musical de Seattle, com o uso daquelas camisas xadrezes em flanela. E, neste inverno 2008, a estampa em suas diversas versões, como o escocês, príncipe-de-gales, vichy, country inglês, etc, invade de vez o closet. De acordo com a consultora de imagem, Lilian Lacerda, o xadrez vem incorporado nas diversas tendências presentes na temporada, como o rock’n’roll , neo-hippie, romântico, anos 20, old-school, entre outros. Lacerda acredita que os xadrezes mais comuns para esta estação são as misturas das cores: azul, preto e branco ou vermelho, branco e preto.

Na hora de compor o look com peças xadrezes, o que importa, segundo Lacerda, é a criatividade. “Você pode tranquilamente misturar dois padrões diferentes de xadrez, com outro tecido estampado, parece absurdo, mas não é. Vimos isso nas passarelas e funcionou!”, afirma.

No look neo-hippie, a tendência anos 70 com um pouco de folk, o barato é misturar o xadrez com outros tecidos estampados ou calças de boca bem larga. Nesse look o mais legal é colocar um sapato boneca de plataforma ou all star colorido.

O xadrez permite você se soltar, usar a imaginação.

Meu preferido é vestido xadrez com bota de cano longo, ou uma mini saia xadrez preto e vermelho com meia calça e botona.

Seja com saia, de noite ou de dia.
Calça xadrez pra balada ou pro trabalho.
Sandália com calça jeans e camisa xadrez.
O que não pode, é ficar por fora dessa moda.

Anúncios
09
jun
08

Cosplayers e Gothic Lolitas… O Japão exporta realmente tudo!

E o Brasil já importou essa idéia, claro. Pelo bairro da Liberdade ou na Galeria do Rock, em São Paulo, você pode ver os indícios.

A moda da Gothic Lolita segue a moda da Cosplay – “costume player” (fantasia em inglês), que na verdade surgiu nos EUA nos anos 70, na onda do visual dos super-heróis, e chegando ao Japão foi popularizada nos eventos e encontros de videogames, mangá (quadrinhos japoneses) e animé (animações japonesas).

Gothic Lolita ou “GothLoli” é uma moda urbana japonesa, muito popular entre adolescentes e jovens que se vestem com roupas inspiradas no estilo vitoriano e tentam imitar a aparência de bonecas de porcelana ou princesas.

É uma combinação do estilo chamado Lolita – meigo e infantil – com certos elementos encontrados na moda gótica. Há variações do estilo Gothic Lolita, como o “Classic Lolita” (mais tradicional, com cores claras) e o “Elegant Gothic Lolita” (EGL, inspirado na moda aristocrática vitoriana encontrada nos filmes de terror).

O estilo das meninas está na combinação das roupas, da maquiagem e dos acessórios. Normalmente usam saias na altura dos joelhos e meias ¾ com sapatos ou botas, quase sempre com bicos redondos e com saltos plataforma altos, saltos quadrados ou até mesmo sem salto algum. Sapatos boneca são a preferência.

Isso é para mostrar que o sapato sempre faz a diferença! Não importa o estilo, o sapato dá o tom.

 

Dica de site para encontrar roupas, acessórios, maquiagem e claro, sapatos:

www.hellayu.com.br

E como um all star é sempre uma boa opção, vejam um modelo customizado para as Gothic Lolitas:

 

09
jun
08

Sapatos japoneses

Devido ao centenário da imigração japonesa, estamos sendo bombardeados de informações sobre a cultura japonesa, tanto dos costumes mais tradicionais quanto das ousadias mais modernas que os japoneses adoram.

É tão contraditório uma sociedade ainda tão conservadora, tão fiel aos costumes e tradições ser a principal potência tecnológica do mundo. Talvez seja exatamente essa repreensão que os deixe tão desesperados por extravasar e por mudar.

Mas de qualquer maneira, tenho certeza que a todo de alguma forma a cultura japonesa agrada, seja na comida, desenhos, quadrinhos, vídeo games, tecnologia, etc.

O Japão é um país realmente curioso e cheio de excentricidades e maravilhas. Eu no momento estou inconformada de não ter nascido japonesa. De verdade.

Estava pesquisando e vi alguns sapatos japoneses moderninhos. Admito que fiquei chocada. O padrão de beleza é realmente mundial, as pequenas japonesas estão mesmo investindo em saltos, digamos, enormes, pra poderem talvez competir com as esguias européias e americanas.

Pra mim, parecem sapatos de travestis, mas a cultura nipônica é toda excêntrica…

 

  

 

 

 

Bem, pelo menos ainda não chegaram a apelar pra cirurgia para esticas as pernas como as chinesas…

 

09
jun
08

Sandália – Bota ???

No verão, essa novidade arrasou. Inspirada no modelo gladiador, por apresentar tiras sobre o peito do pé, proteção no calcanhar e amarração acima da canela, ela já se tornou objeto de desejo dos fashionistas e pessoas descoladas.

A sandália-bota se presta à combinação leve-e-pesado, um sapato que chama atenção sozinho, por isso o bom senso é fundamental.
As cores mais procuradas são as pretas, de tons claros e as vermelhas. Podem ser de couro, camurça e até verniz, o essencial é você saber compor um modelito sem parecer exagerado.
E existem modelos para todos os gostos: de salto alto, salto baixo ou plataforma, com tiras finas, tiras médias ou tiras grossas, de cano curto, cano médio ou cano alto, coloridas, básicas… São diversas opções para agradar os pés mais exigentes.

Elas podem ser usadas com Jeans “skinny”, vestidos leves, saias curtas, shorts e bermudas.
Depende do clima do dia!!!
No inverno, elas são super práticas, pois os modelos mais fechados também podem ser usados com meias.
A dica é não usar essas sandálias com calças de boca larga ou pantalonas.
Se tem aquela reuniãozinha que você queira impressionar, as bermudas com um blazer são as melhores opções. Não ficam vulgares e as sandálias escondem um pouco do pé.

Antes que alguém dispense a novidade como modismo passageiro, um aviso: Prada e Balenciaga, duas das grifes que costumam ditar o que fabricantes do mundo inteiro vão imitar, mostraram em seus últimos desfiles sandálias-bota ainda mais elaboradas, de cano longo, subindo até o joelho. Por mais uma estação, no mínimo, a luta continua.




mais acessados

  • Nenhum

Blog Stats

  • 361.011 hits
junho 2008
S T Q Q S S D
« maio   jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Anúncios